Buscar
  • Duarte Azevedo

21 países representados nos profissionais de futebol do Marítimo


Treinador Velazquez, a se confirmar, será o único espanhol


Se o CD Nacional contempla 14 países nos seus 30 jogadores profissionais inscritos na Liga Portugal, o Marítimo nos seus 72 futebolistas nas mesmas condições - profissionais, inscritos na Liga -, abrange 21 países. Curiosamente, nestes 21 não se inclui Espanha que poderá ser de um vem o novo treinador, Júlio Velazquez, nascido em Salamanca há 39 anos - vinda deste esteve quase certa, complicou-se e... volta a estar quase certa.

Nesse lote vasto que abrange a equipa principal, o Marítimo B e (parte) dos Sub 23, a maioria é portuguesa (26 atletas), seguindo-se Brasil (15), Colômbia (6), França (3), Moçambique (3), Irão, Camarões e Nigéria (2 cada). Por um elemento estão representados Venezuela, Austrália, Canadá, Suécia, Chipre, Argentina, Itália, Guiné-Bissau, EUA, Angola, Paraguai, Gana e Alemanha. Aqui com a curiosidade do alemão ser Rodrigo Pinho - que também tem nacionalidade brasileira mas nasceu, como se sabe, em Henstedt-Ulzburg. E o único estadunidense é Faqui Sefri, o tal apelidado 'jogador mais rico do mundo', que faz parte da Família Real do Brunei.

De notar que a Arábia Saudita não está representada pois Ali, que foi contratado em Fevereiro, apenas entra na lista verde-rubra da FPF dado que foi inscrito como 'amador'.

9 visualizações