Buscar
  • Henrique Correia

25 de abril de 74 sem o 25 de novembro não dava Democracia, alerta CDS/M


Lopes da Fonseca: "Se o 25 de abril representou o final de uma ditadura da extrema-direita, o 25 de novembro marca o fim da tentativa de impor aos portugueses uma ditadura da extrema-esquerda".





O deputado do CDS na Assembleia Regional Lopes da Fonseca alertou hoje para a importância do 25 de novembro de 75, que segundo afirmam complementou o 25 de abril de 74 na afirmação da Democracia em Portugal.

"Passados quase 50 anos do 25 de abril e do 25 de novembro, o CDS considera que já é hora de que os nossos jovens aprendam nas escolas a importância destas duas datas e não apenas de uma delas, pois ambas se complementam quando historiamos a democracia em Portugal. Sem o 25 de abril complementado com um 25 de novembro não teríamos democracia e muito menos Autonomia na Madeira", disse o parlamentar Lopes da Fonseca.

"Se o 25 de abril representou o final de uma ditadura da extrema-direita, o 25 de novembro marca o fim da tentativa de impor aos portugueses uma ditadura da extrema-esquerda.

É por isso que, para o CDS, faz todo o sentido, e sem complexos, relembrar e assinalar o 25 de novembro. Sem esta data histórica, muito provavelmente, não existiria esta casa-mãe da Autonomia que é a Assembleia Legislativa".

2 visualizações