Buscar
  • Duarte Azevedo

A mais curiosa transferência do atletismo: da Horários do Funchal para a Rodoeste

Amândio Filipe Correia é motorista de profissão e já antes fizera a troca de empresa


Não é, certamente, a mais mediática mas não deixa de ser a mais curiosa transferência do atletismo madeirense para a nova temporada: a mudança da Horários do Funchal para a... Rodoeste. Nem mais! Amândio Filipe Correia - na foto, por amabilidade do Anibal Rodrigues - é o protagonista.

Na verdade, o Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Horários do Funchal deixa de contar com a prestação de Amândio, 50 anos, filiado na AARAM no escalão de Veteranos, tendo sido um dos melhores atletas do 'Madeira a Correr'. Em tempos, porém, não teve presenças tão regulares por, lá está, ter deixado a Horários do Funchal para trabalhar na... Rodoeste. Aqui, exercendo a função de motorista profissional. Mesmo assim, a pedido de (ex-)colegas da HF uma vez ou outra, dentro da compatibilidade com o trabalho, Amândio Correia continuou a dar o seu contributo à HF... mas só no atletismo.

Atleta ambicioso e competitivo, depressa atingiu tempos e marcas que fizeram com que voltasse a ser cotado como dos melhores no seu escalão e no vasto pelotão de atletas do 'Madeira a Correr', com participações também em provas de pista, Corta Mato e Montanha.

Da parte do CCDT da Horários do Funchal a transferência foi uma surpresa - em matéria de atletismo, já que a profissional havia se verificado anteriormente - mas a verdade é que Amândio Correia passará a correr com as cores da Rodoeste - Transportadora Rodoviária da Madeira, Lda. Como já o faz em termos profissionais, pois.

E, pronto, ficou consumada a transferência obviamente não a mais mediática do atletismo madeirense mas, convenhamos, a mais curiosa.

6 visualizações