Buscar
  • Duarte Azevedo

A (provável) despedida de Arnaldo Gonçalves


Hoje pode acontecer a despedida, pode ser o último jogo. Apesar do convite para continuar...


Arnaldo Gonçalves Freitas, 69 anos, é uma das figuras do futebol madeirense.

Há 50 anos, então como jogador - defesa-central do Sporting Clube da Madeira -, Arnaldo foi eleito o 'Jogador Mais Regular' do futebol madeirense, numa iniciativa do Jornal da Madeira que distinguia a performance dos futebolistas de Marítimo, União, Sporting, Nacional, Machico e Santacruzense, as equipas que preenchiam a principal Divisão do futebol madeirense.

Arnaldo somou 66 pontos, destacando-se da tabela em relação aos demais, apesar da sua juventude. Aliás, essa qualidade evidenciada em campo levou a que fosse contratado pelo CS Marítimo duas épocas depois, então já nos 'nacionais' de futebol, em 74/75, estando no plantel que, anos mais tarde, 1976/77, subiu à I Divisão Nacional, feito inédito no Desporto em Portugal.

Como futebolista, além de uma experiência no Canadá, Arnaldo representou, ainda, Académico de Viseu, Nacional, Montijo e Amora, antes de arrumar as botas (em 84/85) mas continuando no 'mundo do futebol', como massagista. É nessa qualidade que se dá o regresso ao CS Marítimo, fica entre 1989 e 1992, e depois de passagens por AD Machico e AD Camacha volta de novo aos verde-rubros em 1995, agora para ficar... de vez! Até hoje! O massagista que na I Liga do Futebol Português está há mais tempo consecutivo ao serviço do mesmo clube. Uma referência, sem dúvida, do Club Sport Marítimo.

Hoje pode acontecer a despedida, pode ser o último jogo. Apesar do convite para continuar... Se for o 'adeus', que merece ser sublinhado com forte aplauso, acontecerá no mesmo Estádio onde há 50 anos Arnaldo brilhava como jogador.

14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo