Buscar
  • Henrique Correia

ABAMA apresenta queixa na CNE por "interferência da GESBA na campanha"


Ação com Pedro Calado no Mercado Abastecedor está no centro da polémica e a ABAMA chama produtores para questionarem o candidato do PSD/CDS sobre os poderes que vai ter, se for eleito na Câmara, para resolver problemas que são do Governo.



Ação agendada para o Mercado Abastecedor gera atrito entre associações de produtores.


A Associação de Produtores de Banana da Madeira (ABAMA) vai apresentar queixa, junto da Comissão Nacional de Eleições (CNE) sobre o que considera ser uma "interferência da empresa madeirense de capital público GESBA nas dinâmicas eleitorais das eleições autárquicas na Região".

Numa comunicação emitida esta sexta-feira, aquele movimento associativo denuncia o "assédio dos técnicos da GESBA, engenheiros e seus colaboradores - dizem-se destacados para fazer contactos e telefonemas - ou seja dispensados do seu trabalho regular, mas recebendo ordenado, gerado por todos nos, abusando da sua posição de destaque e “disfarçando a conversa” como apoio técnico, tentam descaradamente influenciar o produtor para votar PPD/PSD".

A ABAMA afirma ter conhecimento que está agendado para o próximo dia 14, pelas 16 horas, "uma ação de campanha no Mercado Abastecedor de São Martinho.m, supostamente para abordar o futuro do sector da Banana na cidade do Funchal mas com a presença do cidadão candidato à Camara Municipal do Funchal, sr. Calado e respetiva comitiva".

Neste sentido, esta associação de produtores aproveita para "solicitar ainda mais presenças, sejam elas de simpatizantes, amigos ou familiares e que mantendo uma postura cívica e construtiva, aproveitem o ensejo para colocar ao candidato as questões da liberalização da comercialização da Banana, dos valores do apoios e da disponibilidade de agua por parte do IGA?

Sim, e já agora! Como acha que se eleito presidente da autarquia vai resolver estes problemas. Com que poderes e capacidades?!"



22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo