Buscar
  • Henrique Correia

Abertas candidaturas à reconversão das vinhas para o período 2021/22


O prazo de apresentação das candidaturas decorrerá até ao dia 1 de março


O Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM) anunciou hoje a abertura de candidaturas para os apoios no âmbito do Regime de Apoio à Reconversão das Vinhas (RARRV) para o período de 2021-2022.

Segundo uma nota da secretaria de Humberto Vasconcelos, "trata-se de um apoio que a Região já aguardava há algum tempo e que vai permitir, agora, que os viticultores madeirenses e porto-santenses, que pretendam proceder à reconversão das suas vinhas, possam apresentar os seus projetos".

O prazo de apresentação das candidaturas decorrerá até ao dia 1 de março e os interessados poderão aceder aos formulários de Declaração de Conteudo Processual (https://bit.ly/2MxId5m); Outros Titulares das Autorizações de Plantação (https://bit.ly/3t3i1QC) e de Candidatura (https://bit.ly/3osqUj8), os quais deverão ser impressos, preenchidos e entregues, em papel, no núcleo do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) na Madeira, situado na rua Dr. Fernão de Ornelas, n.º 56 , terceiro piso.

Estes apoios vêm, também, ao encontro da estratégia do Governo Regional e do IVBAM, reforçando as medidas de incentivo à reconversão da casta ‘Tinta Negra’, de que é exemplo a majoração da ajuda à perda de rendimento, para quem reestruturar esta casta”.

"Os incentivos traduzem-se, não apenas na majoração da ajuda à perda de rendimento, como também através das ajudas à produção, no âmbito do POSEI, o qual atribui apoios de mil a 1.300 euros por tonelada, para as castas brancas autorizadas para a produção de Vinho Madeira, enquanto que para a ‘Tinta Negra’ essa ajuda é de 55 euros por tonelada'.


2 visualizações