top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Académico quer chegar à nova Divisão de Honra do andebol


Esta série de resultados, à 17ª jornada, permite ao Académico manter-se na (futura) II Divisão, passando, agora, o objetivo a ser a presença na Divisão de Honra 2023/24





O Académico do Funchal, que esta temporada voltou aos Campeonatos Nacionais de Andebol ocupando o lugar que era do CS Marítimo na II Divisão - CS Marítimo que, por seu turno, entrou para o lugar do Madeira SAD no escalão principal -, está a realizar uma prova bem positiva.

Liderado, tal como nas últimas épocas verde-rubras, pelo competente Rui Quintas, o conjunto academista ocupa o 2º lugar da Zona 3, com 43 pontos, menos quatro que o primeiro, Boa Hora. No entanto, esta série de resultados, à 17ª jornada, permite ao Académico manter-se na (futura) II Divisão, passando, agora, o objetivo a ser a presença na Divisão de Honra 2023/24. Este é um escalão que, está perspetivado, vai nascer na nova época, entre a I e a II Divisão, composto por 12 clubes. E terão entrada direta na 'Honra' os três primeiros classificados de cada uma das três Zonas da atual II Divisão.

Integrado no projeto mais global do andebol masculino madeirense que tem o CS Marítimo como expoente máximo, não há dúvida de que o Académico está a cumprir o que lhe foi pedido. Com marca de qualidade.

Este sábado, o Académico recebe o LFC Torreense, no Pavilhão do Funchal, a partir das 15 horas.

8 visualizações

Comments


bottom of page