Buscar
  • Henrique Correia

Acesso a viaturas de emergência na Via Rápida está em construção

"O acesso destas viaturas à VR1, no sentido Funchal, faz-se no nó 14 - Pinheiro Grande (percurso de acesso de aproximadamente 850 m).




A secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas revelou hoje, com imagens, que está a construir um acesso viário para uso exclusivo de viaturas de emergência à Via Rápida (VR1), no sentido Oeste-Leste, no nó do Pinheiro Grande, Cancela.

"Com esta obra, as viaturas das Equipas Médicas de Intervenção Rápida (EMIR) garantirão um maior sucesso das operações de socorro, já que terão um ganho significativo nas deslocações que ocorrem para a zona leste da ilha, designadamente para os concelhos de Santa Cruz, Machico e Santana. Estas obras significam um investimento de cerca de 40 mil euros e deverão estar concluídas até final deste ano", refere uma mota daquela secretaria.

A mesma informação dá conta que "o acesso destas viaturas à VR1, no sentido Funchal, faz-se no nó 14 - Pinheiro Grande (percurso de acesso de aproximadamente 850 m). Contudo, o acesso no sentido Santa Cruz à VR1 faz-se somente no nó 15 - Cancela, obrigando as viaturas em emergência a efetuar todo o percurso de ligação entre a saída do Caminho do Pináculo até à entrada da Via Rápida, através da Rua Conde Carvalhal (ER102), Estrada do Aeroporto (ER204), até à rotunda da Cancela, e Estrada do Garajau até à entrada do nó 15 - Cancela, perfazendo um total de aproximadamente 2.300 m, ou seja, mais 1.450 m, num trajeto onde são normais os constrangimentos viários no período de início da manhã, por vezes no decorrer do dia e principalmente no período de final do dia.


15 visualizações