top of page
Buscar
  • Duarte Azevedo

Administrador de insolvência do União SAD solicita à PSP e GNR apreensão de viaturas

O requerimento de insolvência foi, recorde-se, assinado por sete elementos, sobretudo ex-jogadores da SAD.



O processo de insolvência do Clube de Futebol União da Madeira, Futebol S.A.D que está a correr no Tribunal Judicial da Comarca da Madeira, Juízo do Comércio do Funchal, poderá ter o seu epílogo na próxima segunda-feira, 19 de dezembro, que é para quando está marcada a Assembleia de Credores para apreciação do relatório feito pelo Administrador da Insolvência.

O requerimento de insolvência foi, recorde-se, assinado por sete elementos, sobretudo ex-jogadores da SAD unionista, que, perante os dados recolhidos, não deverão ver satisfeito o pedido de obrigações pecuniárias de natureza laboral.

O relatório em referência é claro quando dá conta de que 'a insolvente não tem qualquer capacidade económica ou financeira de poder vir a solver os seus compromissos'. Aliás, como por aqui já se escreveu, a União SAD, constituída em 28 de fevereiro de 1997, está em insolvência técnica desde 2017, ou seja, anterior à entrada dos últimos responsáveis.

O Administrador de Insolvência aponta, pois, para o 'encerramento definito da atividade' bem como a 'liquidação do património da insolvente', oficiando, nesse sentido, às autoridades policiais, PSP e GNR do Funchal, 'à apreensão física dos veículos com as matrículas: 05-89-NA, 35-17-LV, 41-85-NZ, 42-IX-36, 46-79-RE, 62-JN-85, 73-AS-56 e 85-JL-14 e as interdite à circulação'.

26 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page