top of page
Buscar
  • Duarte Azevedo

AFM penaliza mais quem não apresenta treinador do que quem se comporta mal

Não apresentar treinador é mais caro o dobro do que o comportamento incorreto do público.




Claro que se dirá que são as aplicações dos Regulamentos, mas não deixam de ser curiosas algumas decisões, no caso do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol da Madeira (AFM). Grosso modo, sai mais caro não apresentar treinador do que comportar-se mal...

Atente-se, por exemplo, no recente jogo da Divisão de Honra de Futsal, entre o Bairro da Argentina e o São Martinho. Uma partida aqui trazida pois teve mediatismo os acontecimentos aí verificados, com reportagens no Jornal da Madeira: primeiro com relato do árbitro sobre os acontecimentos que levou à expulsão de um dirigente do São Martinho; no dia imediato, com resposta desse mesmo dirigente refutando o então dito pelo juiz da partida.

A verdade é que no mais recente Comunicado do Conselho de Disciplina da AFM surge a indicação de '15 dias de suspensão' ao dirigente do S. Martinho, Vítor Almeida, enquanto ao clube, ACDR São Martinho, é aplicada a multa de 102 euros, por comportamento incorreto do público.

No entanto, para esse mesmo jogo, a multa aplicada mais significativa tem a ver com a não apresentação de treinador por parte do Bairro da Argentina: 204 euros.

Ou seja, não apresentar treinador é mais caro o dobro do que o comportamento incorreto do público... Neste caro, custou o dobro!

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page