Buscar
  • Henrique Correia

Alargado o internamento longo no Centro da Sagrada Família


Miguel Albuquerque defendeu que a realização do estado social em áreas como a saúde, a educação, entre outras, deve ser feito, como ocorre na Região Autónoma, em colaboração com as IPSS.






O Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família sofreu obras de remodelação para acolher duas unidades de longo internamento. O presidente do Governo foi hoje ver o resultado dessa intervenção e agradeceu "o trabalho notável das Irmãs Hospitaleiras na Região".

As minhas primeiras palavras são para agradecer o trabalho notável que as Irmãs Hospitaleiras têm desenvolvido na nossa Região Autónoma ao longo de todos estes anos.

Miguel Albuquerque defendeu que a realização do estado social em áreas como a saúde, a educação, entre outras, deve ser feito, como ocorre na Região Autónoma, em colaboração com as IPSS, refere uma nota publicada nas plataformas digitais do Governo.

As obras foram executadas num dos edifícios do Centro – remodelação e beneficiação das estruturas físicas e assistenciais do edifício, com três pisos –onde funcionam as unidades de longo internamento de Santa Teresinha e Sagrado Coração e os Serviços de Reabilitação, com apoios do Governo Regional, através do IASAÚDE.

Estas Unidades, com um total de 55 camas acolhem utentes de diversas idades com grau de dependência moderado a elevado e que apresentam patologias diversas.

7 visualizações