Buscar
  • Duarte Azevedo

Alberto Paulo o 'Atleta Madeirense do Século'


Adriano Gonçalves o 'Treinador' e Ivo Sousa o 'Juiz' nas distinções dos 100 anos da federação de Atletismo.


A Federação Portuguesa de Atletismo, na Gala dos seus 100 Anos, vai distinguir os 'Melhores do Século' de cada Associação de Atletismo do país.

Na Madeira, a escolha parece óbvia, sobretudo Alberto Paulo como 'Atleta do Século' - os resultados falam por si! Já como 'Treinador do Século' temos Adriano Gonçalves e como 'Juiz do Século' Ivo Sousa.

Alberto Paulo nasceu a 3 de Outubro de 1985, na Calheta, começando a dar nas vistas num Corta-Mato Escolar. E foi por intermédio do seu professor, Ricardo Nunes, que Alberto Paulo se tornou num atleta de alto gabarito. Representou o CS Marítimo entre 2003 e 2011, o SL Benfica desde 2012 e o Sporting desde 2018. Mesmo tendo a orientação técnica de outros treinadores nomeadamente João Campos e António José Costa, o madeirense por ora radicado no Brasil, teve sempre em Ricardo Nunes - curiosamente mais conhecido pelo seu trabalho no voleibol - uma referência.

Campeão de Portugal, presente em Campeonatos da Europa, nos Campeonatos do Mundo e em dois Jogos Olímpicos, de 2008 e 2012 - onde foi finalista -, Alberto Paulo foi Campeão Mundial Universitário, nos 3000 metros obstáculos, nas Universíadas de Shenzhen, na China, em 2011.

Já Adriano Gonçalves, ligado aos tempos áureos do Marítimo, primeiro colo atleta depois como técnico, mantém-se nesta qualidade desta feita ao serviço do Jardim da Serra.

Quanto a Ivo Sousa, é um juiz ligado ao atletismo 'desde sempre', figura incontornável da modalidade.

Estes três madeirenses vão ser justamente distinguidos na Gala dos 100 Anos do Atletismo, a decorrer sábado no Casino Estoril.

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo