top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque admite que SESARAM não tinha cibersegurança sofisticada



Governo não cede a chantagem, coloca o objetivo na recuperação do funcionamento do sistema e vai investir 15 milhões.






O presidente do Governo Regional foi à abertura da 31ª edição da Festa Gastronómica do Peixe-Espada-Preto, em Câmara de Lobos, considerar "um ato criminoso ignóbil" o ataque informático que atingiu o SESARAM.

Miguel Albuquerque admitiu que o SESARAM não tinha, até agora, um sistema sofisticado de cibersegurança e agora vamos investir 15 milhões de euros. Mas recusa qualquer cedência a chantagem ou a qualquer resgate.

"O objetivo, neste momento, é recuperar o funcionamento das estruturas de saúde".

Sobre a frota do peixe espada, Albuquerque reforçou aquele que é o grande objetivo e, simultaneamente, o compromisso assumido pelo Governo Regional, de assegurar o financiamento para a renovação da frota pesqueira do espada-preto.

O Chefe do Governo recordou as inúmeras tentativas ao longo de vários anos, no sentido de sensibilizar as instâncias europeias para o financiamento dessa renovação.

A ausência de resultados junto da União Europeia levou à decisão do Governo Regional de apoiar os armadores, recorrendo a verbas do Orçamento da Região, por forma a assegurar 50% do custo global do armador com cada nova embarcação.

Miguel Albuquerque anunciou, também, números de 2022: a primeira venda de Peixe-Espada-Preto atingiu os 7,4 ME.


20 visualizações

Comentários


bottom of page