top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque ainda não respondeu sobre acusações de Sérgio Marques


Sérgio Gonçalves (PS): “O prazo termina esta semana e ainda não recebemos quaisquer respostas. Quem não tem nada a esconder, quem não teme nada, já deveria, em nosso entender, ter respondido”.




Segundo o presidente do PS-Madeira, Miguel Albuquerque ainda não respondeu às questões da comissão de inquérito às acusações do antigo secretário regional Sérgio Marques, relativamente a favorecimentos do Governo a grupos económicos e a obras "inventadas".

Sérgio Gonçalves questionou, hoje, "a morosidade do presidente do Governo Regional em responder às questões que lhe foram endereçadas no âmbito da comissão de inquérito sobre as obras inventadas e os favorecimentos do Executivo a grupos económicos da Região, considerando que “quem nada tem a esconder já deveria ter respondido”.

Em conferência de imprensa, Sérgio Gonçalves fez uma retrospetiva de todo este processo, desde as declarações do ex-deputado Sérgio Marques ao Diário de Notícias de Lisboa, a 15 de janeiro, à constituição da comissão de inquérito requerida pelo PS, que teve a primeira reunião a 9 de fevereiro e que, entretanto, já ouviu os empresários Luís Miguel de Sousa e Avelino Farinha.

O líder socialista apontou o facto de Miguel Albuquerque ter-se recusado a ir presencialmente à comissão de inquérito, dando conta que, face a essa circunstância, o PS lhe endereçou um conjunto de perguntas no dia 24 de fevereiro. “O prazo termina esta semana e ainda não recebemos quaisquer respostas. Quem não tem nada a esconder, quem não teme nada, já deveria, em nosso entender, ter respondido”, referiu. “Dado que os empresários prontamente se disponibilizaram e vieram cá, parece-nos que já decorre um tempo excessivo para obtermos as respostas do senhor presidente do Governo, e aguardamos por essas mesmas respostas, bem como pela audição de Sérgio Marques”, acrescentou

5 visualizações

Comentários


bottom of page