Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque avisa: o PSD só ganha se estiver unido


Lider do PSD explicou, para quem tiver dúvidas, que unidade não é toldar o pensamento. Albuquerque deixa ainda claro que o partido não tem vergonha do passado.




Foi hoje no Conselho Regional do PSD Madeira que Miguel Albuquerque avisou para as batalhas eleitorais que o partido tem pela frente, a começar pelas regionais de 2023: “O nosso Partido só ganha se estiver unido e mobilizado”.

Lembra o líder que “todas as vitórias que conquistamos desde 2019 só foram possíveis porque o Partido estava unido e mobilizado e é essa unidade na ação que temos de reforçar, até porque é decisiva para as vitórias que queremos alcançar”.

Para evitar equívocos deste "aviso", para não confundir com qualquer "lei da rolha", Albuquerque explica melhor o que é essa unidade: "Nãoestá nem nunca esteve em causa a liberdade de pensamento, mas, sim, a capacidade de garantir a união do Partido em torno dos objetivos que são comuns. Na hora da verdade, temos de nos manter unidos e focados”, refere uma nota publicada pelo PSD-M.

Nessa mesma divulgação, explica-se a importância das próximas eleições de 2023 e Sublinha-se que Albuquerque se mostrou confiante: “Nós vamos para as próximas eleições para vencer”, garantiu.

Depois, veio outra explicação para quem tover dúvidas sobre o passado jardinista do PSD-M dizendo que "o Partido não tem vergonha do seu passado, da sua obra e de todos aqueles que, nestes últimos 43 anos, foram a base de todo o trabalho que o PSD/Madeira fez a favor da Região"

“Governamos bem, sempre soubemos identificar os problemas e encontrar soluções e somos um Partido que tem uma dinâmica constante e uma enorme capacidade de se adaptar às circunstâncias”.

O líder dos Social-democratas apelou a "uma extraordinária mobilização para a Festa do Chão da Lagoa, aquele que será o arranque do trabalho a desenvolver, designadamente em matéria de auscultação à população, de olhos postos na vitória de 2023".

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo