Buscar
  • henriquecorreia196

Albuquerque "chama" a polícia do Porto Santo para travar a irresponsabilidade


Presidente diz uma coisa mas na noite do Porto Santo acontece outra. Festas privadas, contactos não reportados com positivos, grandes ajuntamentos e poucas máscaras.




"Se as pessoas são irresponsáveis, a culpa não é da polícia, nem do Governo, nem das autoridades sanitárias A situação no Porto Santo está a ficar muito complicada e neste momento vou falar com o senhor comandante para atuarmos no sentido de haver respeito pelo uso da máscara e pelo distanciamento", estas declarações foram do presidente do Governo Regional e estão relacionadas com o agravamento da situação de Covid-19 no Porto Santo, onde estão milhares de pessoas em férias.

Mas as declarações de Albuquerque contrastam com a realidade. O presidente está agastado e com razão, mas a realidade mostra que nem as máscaras nem o distanciamento são cumpridos no Porto Santo, onde há destas privadas e os contactos com positivos nem sempre são reportados pelos jovens, que têm receio das medidas de isolamento que uma situação dessas acarreta. É como Albuquerque diz, se as pessoas são irresponsáveis...Mas não chega passar o tempo a dizer que haverá controlo quando no terreno não há nada que se pareça.

É por isso que a polícia deve intervir. Há tempo para tudo e este tempo já não é da pedagogia.

316 visualizações

Posts recentes

Ver tudo