Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque: "Coligação deve ser ponderada num momento que seja oportuno"


Confira algumas imagens de um Congresso de "coligação". O desafio está lançado mas Albuquerque não tem pressa que o CDS tem.



Miguel Albuquerque cumprimenta o novo secretário-geral do CDS Amílcar Figueira.






Ainda é cedo para Miguel Albuquerque abrir o jogo relativamente à coligação pré-eleitoral com o CDS, já ratificada pelo congresso deste fim de semana que mandatou Barreto para esse objetivo, não para mais tarde, mas para já. E Barreto não perdeu tempo, convidou Albuquerque para que todos pudessem ouvir. A "bola" está do lado do PSD.

Mas para já, pelas imagens veiculadas pelo CDS, este foi o congresso da coligação e por isso o CDS ganhou num primeiro "round".

Só que, sem responder diretamente ao assunto, Miguel Albuquerque fez uma declaração cautelosa e ponderada, medindo cada palavra, na sua página do Facebook. Para quem quiser interpretar:


"Hoje, marquei presença no 18.° Congresso do CDS-PP Madeira, onde fui muito bem recebido. A coligação com o CDS, parlamentar e governamental, tem sido frutífera e bem sucedida, cumprindo os objetivos a que nos propusemos e pelos quais fomos eleitos.

Os parceiros têm feito a sua parte, cumprindo o contratualizado, numa coligação estável e que deve ser mantida de forma consistente, ponderada e num momento que seja oportuno.

Endereço os parabéns aos membros eleitos e reeleitos e faço votos de um bom trabalho".

25 visualizações