Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque espera retoma turística em maio, junho; abrir tudo no Porto Santo, não


Presidente lembra novo pacote de apoios às empresas e revela que os 5,2 milhões para comércio, restauração, agências de viagens e rent-a-car estão no Tribunal de Contas



O presidente do Governo Regional espera o início da retoma turística, na Madeira, para maio ou junho, coincidente com a abertura dos mercados emissores, designadamente Reino Unido e Alemanha. Quanto à vacinação, a expetativa é abranger a totalidade da população em setembro, se tudo correr bem.

Mas Miguel Albuquerque está cauteloso, quer abrir mas devagar, a avaliação será semana a semana, como já foi programado, sendo que esta semana já está alargada, aos fins de semana, a entrega de refeições em casa até às 22 horas, bem como a retoma do desporto individual a partir da próxima quinta-feira.

Abertura, aos poucos, sim. Mas diz que é preciso manter o alerta. E manda uma espécie de "aviso", por exemplo, para o Porto Santo, afirmando que querem abrir tudo mas não podemos abrir porque a situação na Região ainda não permite. Não podemos ter a ideia que os números estão a baixar e que o vírus está a passar. Não é isso que acontece. Vamos avaliando e decidindo em função das indicações da Autoridade de Saúde" As declarações de Miguel firam proferidas no âmbito de uma visita à empresa Press Power, na Rua das Murças, uma empresa sedeada e criada na Região no 2º semestre de 2014 e que desenvolve a sua atividade na área da informação digital e transcrição e está presente no mercado regional, nacional e no estrangeiro, designadamente no Reino Unido, França, África do Sul, Cabo Verde, Brasil e Estados Unidos da América.

O presidente do Governo disse, ainda, que a Madeira tem um novo pacote de apoio às empresas, como por exemplo os 29 milhões do SI Funcionamento, dos 130 milhões do PRR e os 5,2 milhões para restauração, comércio, agências de viagens, rent-a-car e empresas de atividade turístico-maritimas. Neste caso, o processo está no Tribunal de Contas.

9 visualizações