top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque foi a Santana "bailar" mas o presidente da Câmara não foi ver



Dinarte Fernandes, do CDS, esteve ausente da cerimónia em que esteve presente o presidente do Governo. Quanto ao Orçamento, Albuquerque garantiu a comissão da transparência do CHEGA.





O Orçamento Regional para 2024 será posto à votação com propostas consensualizadas no âmbito da negociação do Governo com os partidos CDS, CHEGA, IL E PAN. A revelação foi hoje feita pelo presidente do Executivo à margem da iniciativa 24 Horas a Bailar, em Santana. Com uma ausência notada, do presidente da Câmara local, que como se sabe é Dinarte Fernandes do CD

Miguel Albuquerque diz que a propostas será atualizada com a criação do gabinete para a transparência, com as verbas para a atualização de carreiras na Função Pública, no complemento para idosos, bem como o desagravamento fiscal e a redução do IVA da taxa reduzida.

O líder do Governo tem convicção na aprovação do Orçamento fruto das negociações, permitindo o normal lançamento de concursos e do processo relacionado com o quadro 2030.

Albuquerque admite o aumento da despesa mas salvaguarda que será sempre com garantia de sustentabilidade.

37 visualizações

Comments


bottom of page