Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque foi dizer aos jovens que a Madeira "é uma oportunidade"


"O caminho certo para o futuro passa pela revolução tecnológica e é esse o caminho que a Região quer e vai trilhar".



Miguel Albuquerque defendeu que a pandemia veio acelerar ainda mais a mudança que o mundo está a sofrer e que irá melhorar a vida das novas gerações. E que resulta da revolução tecnológica. Foi na Calheta perante mais de uma centena de jovens que participaram no sexto Encontro Municipal.

O presidente do Governo disse que "o caminho certo para o futuro passa pela revolução tecnológica e é esse o caminho que a Região quer e vai trilhar".

Dirigindo-se sempre para os jovens, Miguel Albuquerque assumiu que o grande desafio está definido: «Se nós tivermos pessoas dotadas de capacidade científica, de grande capacidade de apreensão e de conexão com os outros, se vivermos num mundo onde não tivermos nenhum medo de enfrentar os desafios da Ciência, nós vamos ultrapassar todos os obstáculos».

Mas, avisou, "se enveredarmos pelo atavismo, pelo medo do outro, pelas superstições e pelos mitos, pelos egoísmos, pelos nacionalismos, se nos fecharmos sem saber o que se passa no mundo, iremos pelo caminho contrário".

Segundo uma nota publicada nas plataformas digitais do Governo, o líder madeirense sublinhou ser preciso encarar estas mudanças tecnológicas como uma coisa extraordinária. E, recorda, para a Madeira "é uma oportunidade de temos de aproveitar".

"Durante muitos anos, a nossa grande desvantagem era o facto de sermos uma ilha, de estarmos distantes dos grandes centros, das grandes zonas industriais e de produção. Hoje em dia isso diluiu-se, porque as pessoas tanto podem trabalhar a partir da Madeira como do centro de Hamburgo, para a mesma empresa. Vocês podem prestar, graças à grande revolução provocadas pelas plataformas digitais, qualquer serviço a partir da Madeira», lembrou.


8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo