Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque perante República dita pouco solidária "responde" com solidariedade


"É preciso, neste momento dramático que o País está a sofrer, dar também um exemplo de solidariedade nacional", diz o presidente do Governo explicando a disponibilização de 3 camas nos Cuidados Intensivos para doentes do continente


Miguel Albuquerque deixou hoje, ainda que de forma subliminar, aquilo a que o povo tem por hábito chamar, nestes casos, como uma "bofetada de luva branca" a Lisboa, do género à falta de solidariedade responde-se com solidariedade. Um dia depois do debate parlamentar, onde por diversas vezes foi apontada a falta de solidariedade da República, e mesmo tendo em conta que a retórica do Parlamento tem especificidades, Miguel Albuquerque vem explicar melhor a disponibilização, ao Governo de António Costa, de três camas dos Cuidados Intensivos, para doentes Covid-19 do continente, atendendo à pressão verificada nos hospitais nacionais.

E qual foi a palavra utilizada por Albuquerque para explicar essa decisão? Solidariedade. Pois bem, hoje, durante a visita à nova ala da Unidade Covid-19, no Hospital Dr. Nélio Mendonça, o presidente do Governo explicou que "a Madeira sempre deu exemplos de solidariedade nacional e este é mais um momento para prestar essa mesma solidariedade. Diz que é preciso, neste momento dramático que o País está a sofrer, dar também um exemplo de solidariedade nacional. A Região, a sua população e o seu Governo sempre estiveram disponíveis, no quadro da solidariedade que é devida, em cada instante e face às contingências que vão surgindo".

Em declarações publicadas pelo site do Governo, é referido que Albuquerque revelou já ter contactado o Comando Operacional da Madeira para o transporte e temos todas as condições para os recebermos».

Miguel Albuquerque disse estar a aguardar a resposta da ministra da Saúde à oferta da Região. Mas, afiançou, "a Região tem disponibilidade total, neste momento".

O chefe do Executivo lembra que "a nossa unidade de cuidados intensivos é uma unidade de ponta. Temos os espaços disponíveis na nossa Unidade que permitem cedermos essas três camas, assegurando o tratamento com toda a qualidade. E estamos disponíveis para recebermos os doentes".

3 visualizações