Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque quer mudar alguns nós rodoviários do Funchal


Em causa os nós do Esmeraldo, do Pilar, de Santo António, de Santa Luzia, da Pestana Júnior, da Boa Nova e da Cancela.





O presidente do Governo quer tornar "mais rápidos e mais seguros os acessos entre a via rápida e as ruas municipais do Funchal". Vários dos nós "serão alvo de profundas melhorias, em trabalhos a executar por fase, para evitar grandes constrangimentos de trânsito", revela uma publicação do Governo.

Albuquerque visitou recentemente alguns dos nós rodoviários do Funchal que serão, nos próximos anos, alvo de reformulação profunda. O presidente fez-se acompanhar pelo secretário dos Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino, e pelo presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado, que já anunciara ser seu propósito solicitar ao Governo a reformulação de vários desses nós.

Este plano de ação, que foi dado a conhecer mais em pormenor a Miguel Albuquerque, prevê obras em alguns dos principais nós rodoviários do Funchal, designadamente nos nós do Esmeraldo, do Pilar, de Santo António, de Santa Luzia, da Pestana Júnior, da Boa Nova e da Cancela.

Os trabalhos terão de ser feitos de forma faseada, de modo a não causar grandes constrangimentos no trânsito da via rápida, pelo que os prazos de execução das obras serão mais prolongados.



10 visualizações