top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque quer vistos Gold porque já tem casas a custos controlados


Os vistos Gold, para o presidente, traz investimento estrangeiro, tem efeito multiplicador da economia e convida os jornalistas a verem esse efeito no Funchal, Câmara de Lobos, Ponta do Sol e Calheta.





O presidente do Governo Regional critica as opções do Governo da República no sentido de acabar com os vistos Gold e restringir o alojamento local.

Miguel Albuquerque diz que a Madeira defende a manutenção dos vistos Gold, que constituem uma mais-valia para o negócio imobiliário. O presidente do Governo não vê pelo lado da especulação e lembra que a Região já tem compensação das habitações a custos controlados, em todos os concelhos, por via dos investimentos do PRR, destinadas a jovens e às famílias. Além disso, refere a importância do alojamento local para a reabilitação dos concelhos, atrai pessoas e proporciona novos visitantes.

Os vistos Gold, para o presidente, traz investimento estrangeiro, tem efeito multiplicador da economia e convida os jornalistas a verem esse efeito no Funchal, Câmara de Lobos, Ponta do Sol e Calheta.

Por isso, Albuquerque espera que as Regiões sejam ouvidas no âmbito da Assembleia da República quando estas medidas forem estuturadas, tendo em vista uma adaptação à Região e não tratar tudo por igual como se tudo fosse Lisboa e Porto.

O chefe do Executivo falava à margem da visita à Loja de Frutos Secos e ao restaurante “Nuts & Wine”, pertencente à empresa “Rústica Sintonia”, criada em 2020.

Miguel Albuquerque

9 visualizações

Comentários


bottom of page