Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque reconhece prejuízos da guerra na Ucrânia para o turismo


No sábado estava prevista uma ligação direta a Kiev e no domingo uma outra a Moscovo. Na Região, vivem 413 russos e 328 ucranianos.




A guerra entre Rússia e Ucrânia vai trazer implicações no turismo para a Madeira, disse o presidente do Governo Regional à margem da apresentação do novo grafismo e de uma edição especial, dedicada a António Aragão, da revista Islenha, num evento que decorreu nesta manhã na Quinta Magnólia.

O governante lembrou que no sábado há uma ligação direta a Kiev e no domingo uma outra a Moscovo, "que começou muito bem" e que se esperam implicações. No caso da Ucrânia, devido ao encerramento do espaço aéreo, no caso da Rússia devido a eventuais sanções.

Miguel Albuquerque adiantou que na Madeira estão 189 turistas ucranianos e 223 turistas russos, sendo que ao nível dos residentes, vivem 413 russos na Região e 328 ucranianos.

Miguel Albuquerque manifestou o seu forte desejo de que este conflito termine o mais rapidamente possível, no sentido de poder ser retomada a normalidade e recuperada a paz.

8 visualizações