top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque reforça visita "importante" de Marcelo e aguarda que seja "profícua"




"Aproveitei também esta visita para abordar algumas matérias que se encontram pendentes junto da República, bem como a nossa discordância relativamente a algumas medidas constantes do novo Plano Nacional de Habitação".








O presidente do Governo Regional parece ter ficado com mais esperança no sucesso desta visita de Marcelo à Madeira. Pode ser que sim, pode ser que não e daqui por uns dias voltam as críticas à inércia do Chefe de Estado ao não usar a sua influência para resolver os assuntos da Madeira pendentes com a República. Mas Albuquerque foi politicamente correto na dialética institucional.

Na sua página do Facebook, publica várias imagens e escreve que "é sempre um prazer receber o Presidente da República na nossa Região, nesta que foi a sua 13ª visita oficial.

Uma visita que, para além da receção oficial na Quinta Vigia, compreendeu a presidência do encerramento do XII Congresso dos Juízes Portugueses, que teve lugar na Madeira, o que muito nos honrou. Na minha intervenção neste Congresso, que não versou sobre justiça, explanei algumas das nossas políticas primordiais, como o reforço da ciência e das tecnologias e sublinhei a relevância fulcral do papel dos professores, não só nestes desígnios, mas em todos os outros numa sociedade que se quer formada e culta.

Estive ainda, com muito gosto, com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na inauguração da delegação da SEDES na Madeira. Regozijo-me com a presença desta histórica associação cívica na Região, não só pela sua importância na História da democracia portuguesa, mas sobretudo pela sua condição perfeitamente atual, enquanto espaço de reflexão cívico e político. Uma verdadeira escola de cidadania.

Aproveitei também esta visita para abordar algumas matérias que se encontram pendentes junto da República, bem como a nossa discordância relativamente a algumas medidas constantes do novo Plano Nacional de Habitação, pelas consequências nefastas na economia regional.

Uma visita curta, mas importante e que esperamos profícua".

15 visualizações

Comments


bottom of page