Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque "revela": "Ganhar é ter mais votos do que o Partido adversário..."


“Madeira Primeiro” une o PSD e o CDS na corrida às próximas Legislativas Nacionais do dia 30 de janeiro.


Miguel Albuquerque e Rui Barreto foram juntos entregar a lista da coligação PSD/CDS à Assembleia da República, para as eleições de 30 de janeiro. Albuquerque fala mesmo de um ciclo de cinco vitórias desde 2019. "Revelando" o óbvio: “Ganhar é ter mais votos do que o Partido adversário, neste caso o Partido Socialista que está ao serviço do centralismo de Lisboa", diz Albuquerque no que parece óbvio: ganhar é ter mais votos.

“Madeira Primeiro” une o PSD e o CDS na corrida às próximas Legislativas Nacionais do dia 30 de janeiro. Eleições que foram, mais uma vez, assumidas como essenciais para o futuro da Região e para o alcance dos objetivos a que os Madeirenses têm legitimo direito. “Temos de ganhar porque a próxima legislatura será fundamental para concretizarmos aquilo que são as ambições da Madeira, designadamente o alargamento dos nossos poderes autonómicos, a revisão da Lei das Finanças Regionais – no sentido de evitar e cessar as discriminações de que a Madeira tem sido vítima.

Recorde-se que Sérgio Marques, Sara Madruga da Costa, Patrícia Dantas, Dinis Ramos, Gonçalo Santos e Jéssica Faria são os nomes que integram a Lista às próximas Legislativas Nacionais do dia 30 de janeiro, nomes aos quais se seguem, enquanto suplentes, os candidatos Francisco Sousa Gonçalves, Patrícia Gonçalves, André Pão, Catarina Ferreira Santos, Ricardo Freitas e Cláudia Sofia Vieira.

1 visualização