Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque tem problema: terrenos privados são obstáculo à limpeza florestal



Albuquerque apela à limpeza das florestas mas reconhece dificuldade para limpar terrenos pruvados: "É l nesses terrenos que estão a proliferar as infestantes, altamente combustíveis, como as acácias e os eucaliptos"



O presidente do Governo Regional afirmou hoje, no âmbito da obra de implantação da faixa corta-fogo no Funchal, que "as obras de limpeza florestal vão prosseguir em toda a Região, nomeadamente na costa sul", sublinhando o trabalho que está a ser feto nas serras de Santo António e de São Roque e que já foi feito no concelho de Santa Cruz.

Mas Miguel Albuquerque tem um problema, o facto de "grande parte dos terrenos não serem públicos, serem sim pertença de privados. E é nesses terrenos que estão a proliferar as infestantes, altamente combustíveis, como as acácias e os eucaliptos".

Para além dessa questão, há ainda a avaliar a situação financeira: «É uma obra monumental. Tudo isto custa muito dinheiro. Só esta intervenção que visitámos vai custar 2,141 milhões de euros. Vamos continuar a investir bastante na limpeza florestal e na proteção contra os incêndios".

29 visualizações