top of page
Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque vai escrever ao ministro para construir e requalificar esquadras

"A minha obrigação é, sempre, apoiar a PSP, as forças da ordem, no sentido de os cidadãos se sentirem protegidos".




O presidente do Governo Regional anunciou hoje que vai escrever ao ministro da Administração Interna para "reiterar ajuda na construção e adaptação das novas esquadras", mostrando disponibilidade da Região para colaborar com o Governo da República na construção de novas esquadras e na requalificação e adaptação das atuais, de modo a melhorar as condições de trabalho da PSP.

Esta revelação de Miguel Albuquerque foi feita no âmbito da cerimónia de entrega de equipamento informático à PSP da Madeira. O objetivo é acelerar as obras, cruciais para dar aos agentes as melhores condições de operacionalidade, reforça o presidente do Executivo.

O governante relevou ainda a importância da consignação de verbas para a PSP – proporcionada pelo protocolo entre Governo e PSP e ao abrigo do qual foram entregues hoje os equipamentos informáticos avaliados em cerca de 80 mil euros – de modo a melhorar a sua capacidade e operacionalidade, garantindo assim um melhor serviço a prestar à população.

Segundo revela uma pública nas plataformas digitais do Governo, "para além do equipamento hoje entregue, a Região tem em curso outros processos de entrega de viaturas e outro material, na ordem do 1,2 milhões de euros. Até à data, sublinhou o líder madeirense, ao abrigo do protocolo entre o Governo Regional e a PSP – que foi inicialmente firmado a 10 de fevereiro de 2006 e renovado a 04 de setembro de 2019 – já foram investidos cerca de 1,5 milhões de euros.

Miguel Albuquerque lembrou ainda que a sua obrigação e o seu imperativo enquanto presidente do Governo Regional é "reconhecer, apoiar e incentivar a ação da PSP".

"A minha obrigação é, sempre, apoiar a PSP, as forças da ordem, no sentido de os cidadãos se sentirem protegidos, com os seus direitos salvaguardados e que a realização da equidade e da justiça seja uma realidade na sua vivência diária», acrescentou.

O líder madeirense destacou a importância da renovação, em 2019, do protocolo, sublinhando que tal aconteceu pela importância da PSP poder "desempenhar as suas funções com condições de conforto e operacionalidade e com os instrumentos adequados para poder fazê-lo".


6 visualizações
bottom of page