Buscar
  • henriquecorreia196

Alerta máximo da Proteção Civil; meio aéreo com missões de vigilância


O Serviço Regional de Proteção Civil reforçou as equipas que, em permanência, percorrem a ilha.




As altas temperaturas e o risco de incêndios, levaram o presidente do Governo, esta manhã até ao Serviço Regional de Proteção Civil num momento em que se assiste a um reforço do dispositivo do POCIF, o Plano Operacional de Combate aos Incêndios Florestais.

Miguel Albuquerque indicou que "todos os meios estão operacionais e no terreno, mas que, a par destes, as autoridades precisam da colaboração da população, no que concerne a um conjunto de atitudes preventivas, que devem ser adotadas, no sentido de minimizar os riscos".

Segundo uma nota publicada nas plataformas digitais do Governo, o Serviço Regional de Proteção Civil reforçou as equipas que, em permanência, percorrem a ilha, com o objetivo de sinalizarem e extinguirem fogos nascentes, assim como os meios em estado de prontidão.

Paralelamente, todas as torres de vigilância estão operacionais e o meio aéreo tem realizado missões de vigilância.

Diversos acessos a zonas montanhosas e áreas de lazer encontram-se encerradas, estando proibida a realização de queimadas e lançamento de fogo.


7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo