Buscar
  • Henrique Correia

Alguns universitários regressam e o Governo lembra testes e isolamento


Até que seja conhecido o resultado do segundo teste, o estudante universitário deve se manter em isolamento profilático no seu domicílio.


A decisão do Governo da República de encerrar todo o ensino, pelo menos 15 dias, mas provavelmente com mais 15, já fez com que muitoams estudantes universitários madeirenses estejam de regresso para estas "férias" forçadas, cuja compensação deverá ocorrer no Carnaval e na Páscoa.

Sendo assim, face a este cenário, o secretário regional da Saúde reforçou o alerta para as medidas em vigor, já desde o Natal, que implicam trazer teste feito até 72 horas antes da chegada, ou um teste à chegada. Em qualquer dis casos, haverá um segundo teste no quinto dia após a chegada à Região.

Na página oficial do Governo, são recordadas as medidas para que os estudantes possam avaliar as condições, que implicam isolamento entre o primeiro e o segundo testes.

Confira as regras


COVID-19: Regras para os Viajantes


A Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil relembra a todos os estudantes universitários as normas em vigor na Região Autónoma da Madeira, que pretendam regressar. O cumprimento destas regras é fundamental para prevenir e conter a COVID-19 na RAM


REGRA 1 - Deverá fazer o registo e preencher o inquérito epidemiológico em www.madeirasafe.com


REGRA 02- Todos os passageiros de voos provenientes do exterior devem ser portadores de teste PCR negativo para a doença COVID-19, efetuado nas 72 horas prévias ao embarque, em laboratórios certificados.


Ver lista de laboratórios com os quais o governo regional tem protocolo ativo: www.covidmadeira.pt


REGRA 03 - Caso o passageiro não apresente o resultado de teste PCR negativo, terá que realizar teste PCR, sem custos, à chegada nos aeroportos da Madeira e Porto Santo.


REGRA 04 - Os passageiros provenientes do exterior, nomeadamente residentes na RAM; emigrantes e seus familiares; estudantes a frequentar estabelecimentos de ensino fora da RAM ou em programas de mobilidade, terão que realizar um segundo teste, entre o quinto e o sétimo dia, após o primeiro teste PCR.


REGRA 05 - Até que seja conhecido o resultado do segundo teste, o estudante universitário deve se manter em isolamento profilático no seu domicílio. Esta regra aplica-se também aos passageiros mencionados anteriormente, nomeadamente residentes na RAM, e emigrantes e seus familiares.


Importa esclarecer que o agendamento do segundo teste será feito pelas Autoridades de Saúde, mediante envio de um email para o passageiro ou contacto telefónico.


Este agendamento (segundo teste) é feito com base na informação dada no registo no MADEIRA SAFE. Para tal é importante fornecer dados atualizados, nomeadamente um contacto telefónico e um email.


Durante a sua estadia na região, todos os passageiros devem fazer a autoavaliação de sintomas e caso tenha acesso a Internet, reportar diariamente no seu perfil do Madeira Safe.


Se tiver sintomas ou dúvidas, ligue para a linha SRS 24 Madeira 800 24 24 20.

4 visualizações