Buscar
  • Henrique Correia

Ambiente retira sedimentos na praia do Seixal e compensa erosão nas Lages


Este material depositado na Praia da Laje oferecerá uma maior proteção da costa, uma vez que já se tem verificado a chegada do mar a terra em alturas de maior ondulação



A secretaria regional do Ambiente retirou sedimentos das enxurradas da Praia do Seixal e compensou erosão costeira na Praia da Laje. A informação consta de um texto publicado pelo Governo, referindo que a operação resulta dos "últimos episódios de pluviosidade extremamente fortes registados na costa norte da ilha, que provocaram a descarga de quantidades significativas de materiais sólidos na praia junto ao cais do Seixal, provenientes do ribeiro que desagua na extremidade sul daquela praia".

O Executivo lembra que "sendo esta praia muito frequentada por madeirenses e turistas, a Direção Regional do Ambiente e Alterações Climáticas (DRAAC) iniciou ontem a operação de limpeza. Com a operação em curso é pretendida a remoção dos materiais rochosos, vegetais e outros recentemente depositados, mantendo, contudo, as areias, uma vez que estas ajudarão a manter a praia".

A mesma nota actescenta que "os materiais vegetais e outros eventualmente existentes, não minerais, estão a ser transportados a vazadouro devidamente licenciado. Já quanto aos materiais rochosos, estão a ser depositados na Praia da Laje, localizada imediatamente a poente do Seixal, local onde se tem verificado erosão costeira. Este material depositado na Praia da Laje oferecerá uma maior proteção da costa, uma vez que já se tem verificado a chegada do mar a terra em alturas de maior ondulação. «Um aproveitamento dos sedimentos das últimas enxurradas para a proteção da costa, compensando a erosão verificada na Praia da Laje», refere a Direção Regional do Ambiente e Alterações Climáticas.

5 visualizações