top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Antiga fábrica da Manteiga destruída pelas chamas na Fajã da Ovelha



Pedro Ramos revela haver suspeitos já identificados e espera que a PSP e a PJ façam o seu trabalho.



Antiga fábrica da Manteiga, na Fajã da Ovelha, destruída pelas chamas.

Imagem Gilberto Garrido


O fogo já destruiu a fábrica da Manteiga, na Fajã da Ovelha e obrigou a encerrar o centro de saúde e escola, sendo que há casas em risco.

O secretário regional da Saúde e Proteção Civil reveliu, à RTP-M, a existência de suspeitos de fogo posto, esperando que a PSP e a PJ façam o seu trabalho. Pedro Ramos diz que não podemos porem risco pessoas e bens".

Relativamente à fábrica da Manteiga, há anos a aguardar classificação de interesse municipal, o antigo deputado Gilberto Garrido revelou dados históricos do imóvel,

"Actualmente, talvez por hipoteca, pertence a uma instituição bancária norte-americana com sede no Estado de Ohio.

Recentemente, no ano de 2002, na Junta de Freguesia da Fajã da Ovelha pediu à Secretaria Regional do Turismo e Cultura para que considerassem o imóvel património da freguesia, situação que está ainda pendente.

A Fábrica da Manteiga da Fajã da Ovelha foi construída no início do século XX, por volta do ano de 1910 por Augusto César de Gouveia e seu filho Pedro de Gouveia, refere Gilberto Garrido numa publicação no Facebook




16 visualizações

コメント


bottom of page