Buscar
  • Henrique Correia

Antigo diretor do SIS na Madeira acusado de burla em esquema de pirâmide



O JN revela que "um dos líderes da empresa "Wing" era João Nepomuceno Andrade, antigo agente da PSP e ex-diretor regional do Serviço de Informações de Segurança (SIS) da Madeira



Um antigo responsável pelo Serviço de Informações (SIS) na Madeira está entre os 11 acusados de burla, associação criminosa e branqueamento de capitais, num processo relacionado com um esquema em pirâmide, a partir de Portugal. Foram atraídos 13 mil investidores, em todo o mundo, que perderam 15 milhões de euros.

A notícia faz manchete no Jornal de Notícias e o Expresso reproduz sublinhando que sob acusação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), estão 11 arguidos e duas empresas.

O JN revela que "um dos líderes da empresa "Wing" era João Nepomuceno Andrade, antigo agente da PSP e ex-diretor regional do Serviço de Informações de Segurança (SIS) da Madeira. Uma figura que, para o DCIAP, estava no topo da pirâmide deste esquema iniciado em 2013.

19 visualizações