Buscar
  • Henrique Correia

Ao meter 1,5 milhões na FrenteMar a Câmara prova que empresa devia fechar


Esta ideia foi hoje passada pela Confiança, que continua defendendo o encerramento da empresa e a integração dos trabalhadores no Câmara do Funchal.




Miguel Gouveia, vereador da Coligação Confiança, disse hoje, após a reunião da Autarquia, ter ficado confirmado "o mérito da sua pretensão em encerrar a empresa municipal Frente Mar Funchal, ao ver aprovar mais 580 mil euros para cobertura de prejuízos, o que totaliza 1,5 milhões de euros transferidos para esta empresa desde que o executivo PSD/CDS assumiu a gestão da câmara'.

Os vereadores da Confiança votaram contra esta proposta não só pela realidade ter comprovado que o melhor para a cidade seria a dissolução da empresa e integração dos seus trabalhadores na câmara municipal, mas também pela falta de transparência da actual gestão ao não cumprir a lei que obriga à publicação das contas no sítio da internet.

6 visualizações