Buscar
  • Henrique Correia

Assinados os Títulos de Concessão para instalar o cabo submarino


O Cabo Submarino Equiano deverá começar a operar em 2022 e terá uma extensão total de 15.000 Km, ligando Portugal a África do Sul.




A secretaria regional de Mar e Pescas deu conta que "foram assinados esta semana, na Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), os Títulos de Concessão para a instalação do novo Cabo Submarino Equiano, um investimento da responsabilidade da multinacional Google Corporation.

Os Títulos de Concessão terão uma vigência de 25 anos e foram assinados entre o Estado Português e a “Blue Path Technology Unlimited Company”, empresa mandatada para o efeito pela Google LLC.

Em nome do Estado português assinaram José Carlos Simão, Diretor-Geral da DGRM, no que respeita à utilização da subárea marítima do Continente e Plataforma Continental Estendida, e Mafalda Freitas, Diretora Regional do Mar da Região Autónoma da Madeira, na componente da subárea marítima da Madeira.

O Cabo Submarino Equiano deverá começar a operar em 2022 e terá uma extensão total de 15.000 Km, ligando Portugal a África do Sul, com várias ligações intermédias a Accra (Gana), Lagos (Nigéria), Swakopmund (Namíbia) e Santa Helena (Rupert’s bay).



3 visualizações