Buscar
  • Duarte Azevedo

Associação de Andebol tem Departamento de Disciplina


Novidade apresentada pela atual Direção já que nos órgãos sociais não existe o Conselho de Disciplina.

Admite-se que seja uma das poucas instituições desportivas do país - entre federações, associações e clubes - que não tem na composição dos seus órgãos sociais um Conselho de Disciplina. Referimo-nos à Associação de Andebol da Madeira (AAM) em cujos estatutos, ao que se sabe, não consta a obrigatoriedade desse organismo que se tem por muito importante no funcionamento de qualquer entidade desse cariz.

Certamente procurando colmatar essa lacuna, a direção da AAM presidida por Bernardo Vasconcelos, eleita há poucos meses, tratou de constituir, depois de ouvir os clubes, um Departamento de Disciplina que, ao fim e ao cabo, exerce as funções habitualmente detidas pelo Conselho de Disciplina.

De notar que trio de personalidades constituinte dessa Comissão tem ligação à modalidade. Desde logo o presidente da mesma, Felisberto Silva, um antigo árbitro, ao qual se junta o dr. Paulo Atouguia, antigo praticante da modalidade, e outro antigo jogador e árbitro, Roberto Nóbrega. Este com a curiosidade de ainda estar inscrito na AAM como atleta e treinador, no caso da equipa de veteranos do CD Nacional.

7 visualizações