top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Associação de Promoção com "torrente" de contratos públicos à volta de 1 milhão



Para consultoria e aconselhamento/acompanhamento jurídico, a APM fez contrato com a sociedade de advogados Fontes, Neves e Associados, num valor de 90 mil euros mais IVA.





Imagem da promoção da Madeira na Alemanha num roadshow da empresa Expipoint – Europe’s Most Beautiful.


A Associação de Promoção da Madeira (APM) vem apostando forte nos eventos promocionais, de consultoria e de renovações de direitos de imagem com uma "torrente" de contratos públicos plasmados na base oficial nestes últimos dias 14 e 15 de julho. No total, são contratos à volta do milhão de euros divididos por várias empresas, destacando-se, para referir apenas os mais importantes, mais de 325 mil euros para aquisição de serviços de relações públicas e assessoria para mobilizar um target (mercado alvo) específico de culturas britânica (60.000), neerlandesa (78.000), francesa (40.800), alemã (74.890) e brasileira (72.000). Tudo com IVA em "cima".

Relevo, também, para os 107.500 euros despendidos, mais qualquer coisa do IVA, para a Essência Eventos visando uma prestação de serviços de logística, comunicação pré e pós evento para promoção do destino Madeira nos Estados Unidos.

Para consultoria e aconselhamento/acompanhamento jurídico, a APM fez contrato com a sociedade de advogados Fontes, Neves e Associados, num valor de 90 mil euros mais IVA.

A aquisição de serviços de monitorização, selecção, recolha, tratamento, arquivo de notícias e de transcrição de informação de carácter turístico sobre a Madeira em meios nacionais e internacionais, motiva outro concurso de 52.400 euros mais IVA, sendo que a adjudicação foi feita à Press Power.

Para a promoção do Golfe no destino Madeira, no âmbito de ações de marketing e de relações públicas para 2023 na Alemanha, Irlanda, Países Baixos, Suíça e Dinamarca, a APM vai pagar 40 mil euros, mais IVA, à empresa The Azalea.

Outros três contratos referem-se à Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorreu em Março e onde a Madeira tem por hábito estar representada com um stand, que envolveu 40 mil euros, mais 45.200 euros para o cocktail adjudicado à empresa Inês Becken e Filipa Saldanha Consultoria e Comunicação, além dis 41.610 euros para o catering desenvolvido pela Eatwell Catering. A esses valores acresce o IVA.



19 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page