Buscar
  • Henrique Correia

Associação de Táxis queixa-se da falta de fiscalização às viaturas TVDE


A TáxisRAM avança também que “há motoristas e viaturas” a operar de forma ilegal.




O presidente da TáxisRAM – Associação de Táxis e Outros Transportes Terrestres da Madeira lamentou, hoje, “que as entidades fiscalizadoras não estejam a dar a devida atenção às viaturas TVDE”, apesar de considerar que adaptação da Lei nacional à Região foi “bem feita” pelo parlamento madeirense. Paulo Pereira avançou que “98% das viaturas estão a trabalhar de forma ilegal”, a começar pelos dísticos mal colocados e “nem sempre visíveis”.

Segundo uma nota do Parlamento, as queixas "foram registadas do final de uma audiência de apresentação de cumprimentos ao Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira.

A TáxisRAM avança também que “há motoristas e viaturas” a operar de forma ilegal, razão pela qual foi feito o pedido ao Presidente do Parlamento madeirense que interceda junto das autoridades regionais para que haja mais fiscalização do transporte de passageiros em viaturas descaracterizadas (TVDE)".

3 visualizações