top of page
Buscar
  • Henrique Correia

Ataque de tubarão em Cape Town mata filha de emigrante madeirense

Mulher foi surpreendida quando nadava em Plettenberg Bay. Enorme consternação na comunidade madeirense radicada naquela cidade da África do Sul.




Uma mulher de 39 anos de idade, filha de uma emigrante madeirense natural do Paul do Mar, o pai é italiano, morreu esta madrugada em Plettenberg Bay, uma zona balnear da Cidade do Cabo, na sequência de um ataque de tubarão. A notícia está a ser divulgada pelo jornal Times.

A vítima estava hospedada num hotel, é casada e deixa uma filha menor. A consternação é grande na vasta comunidade madeirense radicada naquela cidade sul-africana.

Segundo aquele jornal "as praias foram fechadas na madrugada de domingo depois do ataque. O município de Bitou e o Instituto Nacional de Resgate Marítimo (NSRI) apelaram ao público para que tenha cautela ao longo da Baía de Plettenberg e da costa sul do Cabo.

“Infelizmente, isso segue um incidente fatal de tubarão na praia central na manhã de domingo. A NSRI Plettenberg Bay e a polícia foram acionadas às 7h53 após relatos de um incidente de tubarão na praia central”, disse o porta-voz da NSRI Craig Lambinon.

“A embarcação de resgate marítimo Eric Stratford foi lançada. Na chegada ao local, o corpo do que se acredita ser uma mulher de 39 anos da Cidade do Cabo foi recuperado da água e levado para a praia.”


71 visualizações
bottom of page