Buscar
  • Henrique Correia

Atelier OCUBO quer colocar Madeira no mapa da grande escala em vídeo mapping



O atelier vai começar por criar três novos postos de trabalho diretos na Madeira e com a concretização de projetos poderá chegar aos 20.


O atelier português OCUBO anunciou que vai expandir a sua atividade para a Madeira. Está já constituída a sociedade Immersìvus Madeira Lda e o processo de inscrição na ACIF – Associação da Indústria e Comércio da Madeira - está a decorrer. O atelier vai começar por criar três novos postos de trabalho diretos na Madeira e com a concretização de projetos poderá chegar aos 20. O alargamento do espetro de atuação da empresa será feito de forma concertada com os principais agentes locais, nomeadamente na subcontratação de serviços especializados em cultura e entretenimento. Codirigida por Carole Purnelle (CEO) e Nuno Maya (cofundador e diretor criativo), a empresa estará representada na região pelo madeirense Frederico Rodrigues.

Numa nota da empresa, refere-se que há o compromisso de "colocar a região no mapa internacional dos espetáculos de grande escala de video mapping, luz e tecnologia. A direção do OCUBO encara ainda este momento como uma oportunidade para desenvolver colaborações locais, estimulando assim a criação de emprego especializado no setor das indústrias culturais e criativas no mercado regional".

É conhecido internacionalmente pela realização de vários projetos de grande escala de video mapping e instalações interativas, como a cerimónia de abertura do estádio de futebol Al Janoub (Qatar), o 15º aniversário do Rock in Rio Lisboa, as várias produções apresentadas no Terreiro do Paço ou a inauguração do hotel CR7 Pestana em Lisboa.




8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo