Buscar
  • Henrique Correia

Atropelos aos direitos levam a protesto dos funcionários judiciais


O Sindicato dos Funcionários Judiciais decretou greve para o período de 17.05.2021 a 17.06.2021 das 10.00 às 11.00 horas.



Tirando os que asseguram os serviços mínimos, os funcionários judiciais estão hoje em protesto, também na Madeira. O atropelo aos direitos, por parte do Governo da República, está na origem desta ação sindical.

Na página do Sindicato, pode ler-se que "perante a falta de diálogo por parte do Ministério da Justiça e em face do não cumprimento de todas as promessas efetuadas pelo Ministério da Justiça e pelo Primeiro Ministro, bem como o não cumprimento das Leis do Orçamento de Estado de 2020 e 2021, o Sindicato dos Funcionários Judiciais decretou greve para o período de 17.05.2021 a 17.06.2021 das 10.00 às 11.00 horas.

Os Oficiais de Justiça sentem-se defraudados nas suas legítimas expectativas, desrespeitados pelas promessas não cumpridas e cansados de ter de assegurar os direitos dos nossos concidadãos que necessitam de recorrer ao Sistema de Justiça – Tribunais e Serviços do Ministério Público – sem a devida compensação".

5 visualizações