Buscar
  • Henrique Correia

Aulas à distância na Universidade da Madeira entre 4 e 9 de janeiro; segundo teste origina despacho


José Carmo recomenda o ensino não presencial de todas as componentes de unidades curriculares em que isso seja possível. UMa aberta, com horário reduzido, entre 21 de dezembro e 2 de janeiro



A Universidade da Madeira emitiu hoje um despacho dando conta das orientações relacionadas com a lecionação na primeira semana de aulas logo a seguir ao Natal e Ano Novo, a semana entre 4 e 9 de janeiro, onde recomenda o ensino não presencial de todas as componentes de unidades curriculares em que isso seja possível.

Refere a nota assinada pelo Reitor José Carmo que cabe aos diretores de curso, em conjugação com os responsáveis das unidades curriculares, os presidentes e secretariados das Faculdades e Escolas, e os presidentes dos conselhos pedagógicos, universitário e politécnico, determinar quais as unidades curriculares que serão lecionadas à distância, na referida semana de 4 a 9 de janeiro de 2021, tendo igualmente em conta os horários existentes".

A Reitoria da UMa assumiu essa decisão na sequência da resolução do Governo que obriga à realização de um segundo teste no regresso à Madeira, prevendo que a mesma decisão seja prolongada para além de 11 de dezembro, período definido pelo Governo Regional para uma primeira fase sde 15 dias, após o que haverá nova avaliação. Por isso, o Reitor considera que, sendo o período de Natal propenso a um maior número de contactos, bem como antendendo à pausa letiva entre 21 de dezembro e 2 de janeiro, que inevitavelmente irá proporciionar viagens de membros da Academia, docentes e alunos, para fora da Região, é importante tomar esta medida preventiva.

Outro aspeto importante prende-se com o período de confinamento a que ficam sujeitos quando regressarem à Madeira, entre o primeiro teste e o resultado do segundo teste, período durante o qual não poderão aceder às instalações da UMa. E as instalações deverão merecer a maior atenção em termos de espaços nas respetivas salas e restantes instalações. E no período de 21 de dezembro a 2 de janeiro, as instalações manter-se-ão abertas em horário reduzido, restringindo o acesso aos membros da Academia, com controlo à entrada e limitando os espaços disponíveis para o estudo.

O Reitor refere que a Universidade continuará a funcionar de acordo com o plano de contingência e sob orientações das Autoridades de Saúde e adaptará os seus procedimentos e modo de funcionamento caso se venha a tornar necessário, em função da evolução da pandemia. Tudo faremos para que as atividades decorram normalmente, antes e após o período natalício, que desejamos que decorra com toda a alegria, felicidade e saúde possível, no quadro em que nos encontramos".


12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo