Buscar
  • Henrique Correia

Aumento do número de casos "é grave" e pode mudar o próximo Natal, alerta Marcelo

"Isto pode ser não um dia, não uma semana, mas semanas e meses. E teremos de conviver com isso".


O Presidente da República reconhece que o aumento de infetados por Covid-19, em Portugal ( hoje o número foi superior a 1300), "é grave", avançando com a possibilidade de haver necessidade de mudarmos os hábitos no próximo Natal, mais com família e menos com amigos.

Marcelo Rebelo de Sousa, disse, hoje, que "estamos já no período só comparável em gravidade na pandemia àquele que foi vivido no início da primavera. É um período muito grave. Já se sabia que o número de casos iria subir para valores superiores a mil, pela abertura da vida económica, das escolas, das universidades e do convívio entre as pessoas. Isto pode ser não um dia, não uma semana, mas semanas e meses. E teremos de conviver com isso".

Marcelo alerta que "é preciso que se faça um esforço na convivência entre pessoas. É preciso repensar o Natal em família, repensa-se. Não pode ser um Natal com cem pessoas, com 60 pessoas, com 50 pessoas, divide-se o Natal pelas várias componentes da família".

5 visualizações