top of page
Buscar
  • Henrique Correia

Barreto antecipa-se ao parceiro de Governo (PSD) e vai pedir revisão da Lei da Droga


Líder do CDS Madeira esteve no jantar de Natal do partido na Madeira e mostrou-se preocupado com a segurança dos cidadãos exigindo ao Estado um reforço do policiamento revelando haver esquadras em que o quadro de agentes não está preenchido.



Depois de Miguel Albuquerque ter admitido que há um problema de consumo de substâncias psicoativas na Região e que o mesmo deve ser enfrentado mesmo que para isso seja preciso articular com o poder judicial o internamento compulsivo, foi a vez do líder do CDS Madeira, Rui Barreto, secretário da Economia no governo regional de Coligação, deixar no jantar de Natal do partido a sua preocupação por esses consumos revelando intenção de apresentar uma proposta a ser enviada à Assembleia da República visando a revisão da Lei da Droga.

Este anúncio de Barreto, na RTP Madeira, é um passo em frente no combate ao problema por via da alteração Legislativa atendendp ao atual quadro pubitivo com demasiado permissividade na sua aplicação. Foi como que uma antecipação ao seu parceiro de Coligação neste tema tão sensível, que de repente todos se apercebem da dimensão e dos perigos e finalmente há uma demonstração pública de querer atuar e não esconder.

Barreto aponta a importância de combate a este flagelo, uma vez que esta "pode ser uma viagem sem regresso devido à irreversibilidade de danos mentais provocados nos consumidores". E ao mesmo tempo, o líder centrista madeirense defendeu um reforço de policiamento para segurança dos cidadãos, o que é uma competência do Estado, que deve assegurar um dispositivo operacional, sabendo-se que há esquadras sem o número completo de agentes, situação que deve ser reparada rapidamente".

28 visualizações
bottom of page