top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Barreto lembra: "Estabilidade política na Madeira passa muito pelo CDS"


"Uma coligação é sempre um compromisso. Um compromisso que queremos manter a bem do futuro da Madeira e dos Madeirenses".





Rui Barreto está com a moral toda depois de já ter assegurado o acordo que renova a coligação governamental regional nas eleições para este ano. O líder do CDS aproveitou o reaparecimento da newsletter do partido para mandar uma espécie de mensagem que extravasa o próprio universo de militantes, para chegar mesmo aos mais reticentesnp parceiro de coligação, que duvidam da necessidade do PSD ir coligado, atendendo a que os pressupostos de 2019 não são hoje os mesmos.

Barreto mantém a tónica na identidade de cada um dos partidos, pede empenho aos militantes e eleitores em geral, mas não perde a oportunidade para deixar claro que "a estabilidade política da Região passa muito pelo CDS". E pronto, está o "recado" dado para que não venham descartar um partido que segurou a governação do PSD e permitiu a Albuquerque manter a liderança da ação governativa social democrata de mais de 40 anos, que inclusive era considerada excessiva, pelo CDS, a exigir mudança de protagonistas.

O líder centrista diz que "no trabalho em coligação existe uma consciência comum de que a Madeira e os madeirenses são o primeiro valor e o valor mais alto. Isso une a maioria e não anula o facto de os dois partidos serem, naturalmente, diferentes e autónomos. Uma coligação é sempre um compromisso. Um compromisso que queremos manter a bem do futuro da Madeira e dos Madeirenses".

Barreto pede a confiança interna para um "empenhamento no sentido de um ano decisivo para a Madeira".

8 visualizações

Comments


bottom of page