Buscar
  • Henrique Correia

Bomba em carro de professora em São Vicente


Correio da Manhã revela que a docente detetou o engenho artesanal no dia 9 de abril.



A revelação foi do Correio da Manhã com base em informações policiais e assume contornos estranhos para o contexto da Região: uma professora de São Vicente encontrou um engenho artesanal no seu carro. A ocorrência deu-se a 9 de abril.

Segundo o jornal CM "as entidades policiais, designadamente a Polícia Judiciária, já estão a desenvolver investigações tendentes à identificação do autor ou autores da colocação da bomba.

O CM adianta que a professora já tinha sido alvo de outros ataques em situações anteriores.

Trata-se de uma situação invulgar na Região desde os tempos do pós revolução em que a Região sofreu um período conturbado e em que a ocorrência de bombas em carros tinha alguma frequência por motivos políticos de cariz independentista.

38 visualizações