Buscar
  • Henrique Correia

Bombeiros cortam a árvore que hoje caiu no Monte; população revoltada


Quatro anos depois da tragédia voltam as questões sobre as decisões e as prevenções.


Fotos Facebook Marlene Rodrigues





A queda de uma árvore, hoje, no Largo da Fonte, no Monte, veio reavivar a triste memória de idêntica ocorrência, em 2017, então com um desfecho trágico de 13 mortos. E hoje, por pouco, não houve maiores consequências, também por não ser dia de festa, como aquele 15 de agosto, dia de Nossa Senhora do Monte.

A população, logicamente, está indignada, sendo que os jornais dão conta de revolta das pessoas à chegada do presidente da Câmara, Miguel Gouveia. Por aquilo que aconteceu hoje, pela prevenção, que seja da tutela de quem for, deve ser feita. Se a árvore estava sinalizada e presa com cabo de aço, porque razão não foi cortada, como de resto aconteceu já hoje por parte dos bombeiros, na sequência da queda.

Os moradores revoltaram-se, apontam a morosidade de processos, da justiça na solução para o que aconteceu em 2017, mas também pela prevenção que muitos apontam como falha de eficácia.



9 visualizações