Buscar
  • Henrique Correia

Burla a idosos em Santa Cruz com rastreio médico que acaba em venda de colchões


Câmara alerta: "Pedimos aos nossos munícipes para estarem atentos e sobretudo para responderem apenas a rastreios devidamente praticados pelas autoridades de saúde"




A Câmara Municipal de Santa Cruz emitiu há pouco uma nota onde denuncia um ato de burla, que chegou ao conhecimento da Autarquia através de alguns munícipes.

Segundo essa informação, a burla "é realizada através de uma chamada para um suposto rastreio médico e tem como alvo os mais idosos, num claro aproveitamento da sua ingenuidade e fragilidade".

A Câmara acrescenta: "Segundo nos informaram, os idosos são contactados para se apresentarem numa unidade hoteleira do concelho, onde podem fazer um rastreio gratuito ao seu estado de saúde. Depois, aproveitando-se da fraca capacidade de entendimento dos idosos, um suposto médico leva os mesmo a assinarem um contrato para venda de um colchão. Quando estes se apercebem do esquema, já nada há a fazer".

A autarquia lamenta estes procedimentos "que abusam claramente de um anúncio de algo que é anunciado como gratuito, para depois se aproveitarem da fraca capacidade de compreensão de algumas pessoas, para a prática de supostos métodos de venda, que acabam por funcionar como um logro.

Pedimos aos nossos munícipes para estarem atentos e sobretudo para responderem apenas a rastreios devidamente praticados pelas autoridades de saúde".

61 visualizações