Buscar
  • Henrique Correia

Câmara de Santa Cruz suspeita que alguém anda a sabotar as praias



"Ou a poluição tem origem em alto mar, ou estamos em crer que estas ocorrências têm mão criminosa, pelo que vamos acionar os meios necessários para detetar eventuais sabotagens".



A Câmara Municipal de Santa Cruz veio hoje a público denunciar algumas manobras que visam "sabotar" as praias do concelho.

Em comunicado, a Autarquia de Filipe Sousa refere que "após consulta aos técnicos e às empresas que fazem a manutenção e acompanhamento das nossas estações elevatórias e ETAR's, foi a Câmara Municipal de Santa Cruz informada de que não se registou qualquer avaria ou anomalia que justifique a poluição marítima que se verificou nos últimos dois dias na Praia das Palmeiras (ontem) e na praia dos Reis Magos (hoje)".

O comunicado acrescenta que "não existiu nenhuma ocorrência que atribua o acontecido a poluição com origem em terra. Aliás recordamos que todas as vezes em que a poluição foi motivada por avaria ou anomalia nos nossos equipamentos fomos os primeiros a alertar e a por em prática as medidas em defesa da saúde pública".

A Camsrado JPP adianta que "tratando-se de poluição com origem desconhecida, existem duas hipóteses: ou a poluição tem origem em alto mar, ou estamos em crer que estas ocorrências têm mão criminosa, pelo que vamos acionar os meios necessários para detetar eventuais sabotagens". "Esta nossa convicção toma força quando, apesar de rapidamente nos deslocarmos aos locais, somos sempre confrontados com candidatos, nomeadamente do PSD, que detetam logo a poluição quase que ainda antes dela ocorrer. Já estão lá prontos para a fotografia, para o vídeo e para a notícia quase pronta na hora para enviar aos jornais. A repetição deste padrão levanta muitas questões que não deixaremos de investigar. E que vai fazer com que seja intensificada a vigilância a eventuais prevaricadores.


14 visualizações