Buscar
  • Henrique Correia

Câmara de Santana não valorizou instituições nem motivou os jovens


A acusação é do candidato do PSD, João Paulo Luís, que esteve a falar com representantes de instituições desportivas do concelho.




O candidato do PSD à Câmara de Santana anda a falar com as chamadas "forças vivas" e instituições do concelho, neste caso as desportivas. E chegou à conclusão que a Câmara, do CDS, fez pouco para contrariar o afastamento dos jovens.

João Paulo Luís diz que "as novas gerações, atualmente e conforme transmitido pelas instituições ouvidas, não se sentem motivadas a participar na oferta desportiva que é disponibilizada, numa tendência que é preocupante, tanto mais quando coloca em causa a continuidade de algumas modalidades e o futuro dos próprios clubes e associações locais.

“Mais uma vez, temos aqui o exemplo da falta de atenção e da resposta que devia ter sido dada, atempadamente e por parte do Executivo Municipal, a estas entidades, tanto mais quando sabemos que estas lutam, diariamente, por dar mais vida ao concelho de Santana, através da prática desportiva mas, também, de atividades sociais, culturais e recreativas que não souberam ser devidamente reconhecidas e apoiadas”, afirma João Paulo Luís, que defende, em sentido inverso, uma estratégia de valorização que, ajudando estas instituições, crie, ao mesmo tempo, condições para torná-las mais atrativas e aliciantes aos olhos dos jovens atletas e muito mais preparadas para garantir que estes sejam integrados nos campeonatos regionais, nacionais e internacionais".

3 visualizações